Sincoplastic

MITOS E VERDADES

Mito: "O plástico é nocivo porque dura muito."

Verdade: Uma das mais importantes características do plástico é sua durabilidade.

Produtos como tubulações de água, próteses, peças para automóveis etc. não podem ser fabricados com materiais vulneráveis às intempéries e ao ataque de agentes naturais.

Mito: "Por não se degradarem, os plásticos entopem os aterros sanitários."

Verdade: Qualquer material demora a se decompor no fundo dos aterros, pois sem oxigênio, a biodegradação é muito lenta. Pesquisas feitas em aterros sanitários revelaram a presença de jornais e até de alimentos, ainda intactos, embora enterrados há mais de 50 anos.

Mito: "Depois de usado, o plástico só polui o meio ambiente, enquanto os materiais biodegradáveis desaparecem."

Verdade: O plástico é inerte, isto é, não reage em contato com a terra ou a água, portanto não polui. É 100% reciclável, transformando-se em novos produtos ou em energia, desde que não seja jogado em qualquer lugar - é uma questão de atitude das pessoas.

Mito: "Os plásticos fazem mal à saúde. Cafezinho em copinho de plástico causa impotência."

Verdade: Órgãos internacionais, como a FDA — Food and Drug Administration —, e nacionais, como o Ministério da Saúde, comprovaram que bebidas quentes em copinhos plásticos não oferecem riscos à reprodução humana e à saúde. Se a afirmação tivesse comprovação científica, os plásticos não seriam introduzidos no organismo para reconstituir ossos e tratar tumores. Também não existiriam os corações de plástico e as transfusões não seriam feitas com sangue contido em bolsas plásticas.

Mito: "O plástico, por ser feito de petróleo, acelera o esgotamento desse recurso não renovável."

Verdade: A fabricação de plásticos consome apenas 4% da produção mundial de petróleo e as embalagens tiveram seu peso reduzido em 50% nos últimos dez anos. Além disso, a indústria é uma incentivadora da reutilização e da reciclagem dos resíduos, ou de sua transformação em energia.

Mito: "Produtos feitos com plástico reciclado não prestam."

Verdade: A matéria-prima, virgem ou reciclada, não determina a qualidade de um produto. Um bom produto é aquele fabricado corretamente, de acordo com normas técnicas e exigências do consumidor.

Saiba mais sobre o plástico em www.plastivida.org.br

Fonte: Plastivida