Sincoplastic

PLÁSTICO E A SUSTENTABILIDADE DO PLANETA

O que é Polietileno verde?

A busca por soluções inovadoras para o uso de matérias-primas de fonte renovável, a alternativa aos recursos fósseis (petróleo e gás natural) e a tendência mundial na redução das emissões de CO2 na atmosfera tornaram-se realidade com a produção de eteno a partir de etanol com o objetivo de produzir um plástico de origem vegetal, "polietileno 100% verde".

O processo de obtenção de eteno a partir de etanol proveniente de fonte renovável ocorre através da desidratação do álcool na presença de catalisadores. O eteno possui pureza adequada para qualquer processo de polimerização e permite a obtenção de qualquer tipo de polietileno.

A cadeia na qual o polietileno verde é produzido permite maior redução dos níveis de dióxido de carbono na atmosfera em comparação a outros polímeros em conseqüência de duas principais características: a alta produtividade da cana-de-açúcar em gerar a biomassa, que pode ser usada como fonte de energia para o processo, e a alta capacidade da molécula de eteno para armazenar carbono (86% em peso) quando comparado a outros biopolímeros.

O biopolietileno possui características equivalentes às do polietileno convencional, podendo ser empregado em diversas aplicações. Esta é uma vantagem que o polietileno verde tem em relação aos demais biopolímeros que possuem aplicações mais restritas. Com o eteno verde, é possível produzir todos os tipos de polietileno — PEAD (polietileno de alta densidade), PEBD (polietileno de baixa densidade), PEUAPM (polietileno de ultra-alto peso molecular) e PEBDL (polietileno de baixa densidade linear) — com 100% de matéria-prima renovável.

A produtividade energética da cana-de-açúcar e a profissionalização do setor de produção de álcool conferem ao ciclo de vida do PE verde vantagens ambientais excepcionais: cada quilo de PE verde produzido captura e fixa 2,5kg de CO2 que estão na atmosfera. Assim, colabora com a redução do efeito estufa e do aquecimento global.

O polietileno verde é resultado de uma combinação de sucesso dos mais de 30 anos da indústria de cana-de-açúcar e álcool brasileira, das vantagens do Brasil para o agronegócio e o comprometimento com a tecnologia, inovação e sustentabilidade.

Fonte: Braskem Petroquímica