Sincoplastic

O PLÁSTICO E O MEIO AMBIENTE

Quando o assunto é preservação ambiental, o plástico é alvo de severas críticas. Contudo, ele possui características extremamente positivas, mas frequentemente ignoradas, que lhe garantem grande versatilidade e, em muitos casos, fazem dele o único material adequado para determinados fins.

O plástico é:

- atóxico;
- excelente isolante térmico;
- isolante elétrico;
- quimicamente inerte, ou seja, não reage com outras substâncias;
- leve, resistente e flexível;
- representa excelente custo/benefício;
- 100 % reciclável.

Com estas propriedades, o plástico faz muito por nós, pela economia e pela preservação de recursos naturais:

- protege nossa saúde, pois é ideal para a confecção de seringas, bolsas para transfusão, frascos para soro e embalagens para medicamentos;
- embala adequadamente alimentos e bebidas, evitando a contaminação e a transmissão de doenças;
- garantindo a preservação do produto, evita o desperdício de tudo o que foi investido para produzi-lo;
- é muito usado na construção civil como isolante térmico, diminuindo o consumo de energia para aquecimento de ambientes;
- na plasticultura (cultivo protegido de hortifrúti e flores), colabora para maior produtividade, proteção do solo, restrição na aplicação de agroquímicos, retenção de água e proteção contra variáveis climáticas;
- por ser leve, diminui o custo no transporte de mercadorias e na coleta e destinação final dos resíduos;
- quando reciclado, pode substituir matérias-primas brutas, sendo, por vezes, até mais eficaz do que o material tradicional.

Portanto, o fundamental é que todo material plástico seja destinado à reciclagem. Hoje, o plástico reciclado já se transforma em tecido, papel sintético, substitui a madeira em diversas aplicações etc.

Fontes: Plastivida e Plástico Moderno Online